Please use this identifier to cite or link to this item: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/987
metadata.dc.type: Trabalho apresentado em evento
Title: Representação, democracia e controle social
metadata.dc.creator: Lima, Clovis Montenegro de
metadata.dc.description.resumo: O tema escolhido para o X Colóquio Habermas e o I Colóquio de Filosofia da Informação foi “Representação, democracia e controle social” em função do cenário mundial de manifestações públicas de protestos. Na obra de Jürgen Habermas a preocupação com a questão de democracia e o Estado de Direito é uma constante, servindo de suporte teórico para as discussões práticas sobre o assunto. Os protestos nas ruas das cidades brasileiras de 2014 se caracterizam como uma luta pelo que é comum e como expressão de uma crise da representação política no país. No entanto, isso não é um fenômeno político restrito ao Brasil. Nos últimos anos, houve protestos no mundo todo. Muitas bandeiras foram levantadas durante os protestos, mas talvez um aspecto comum seja a experiência de não ter a voz ouvida pelos governos. Ao contrário, o que muitas vezes se observa é a repressão. Há uma sensação de que a democracia não está funcionando conforme os interesses das imensas maiorias marginalizadas e empobrecidas, ao mesmo tempo em que ela não consegue reconhecer as minorias. Quem, afinal, está em controle da sociedade na qual vivemos? É possível que as instituições políticas do Estado de Direito Constitucional traduzam os interesses generalizáveis da população em políticas públicas? Será que a liberdade comunicativa, com a dose de anarquia que menciona Habermas, está na base das ações para uma reconstrução do direito? Qual o papel do conceito de informação na sociedade contemporânea? Em que medida ele é responsável pelas transformações que perpassam o “social”, o “cultural”, o “político”, o “educacional” e o “filosófico”, como predicados para a reflexão e para as ações na contemporaneidade? Porque a informação se tornou um significante portador de tantos significados em tão pouco tempo? Os questionamentos em torno desse termo que se generalizou como elemento central dos discursos científicos e não científicos na segunda metade do século passado respondem pela proposta de realização de um primeiro Colóquio de Filosofia da Informação. O objetivo dos Colóquios foi estimular o debate em terno do pensamento habermasiano sobre a política e sua relevância para pensar a política hoje em dia, com participação de especialistas estrangeiros e nacionais.
Abstract: xxx
Keywords: Habermas
colóquios
filosofia da informação
Representação
Democracia
Controle Social
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Insitituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia
metadata.dc.publisher.initials: IBICT
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/987
Issue Date: Sep-2014
Appears in Collections:Trabalhos apresentados em Congresso no Brasil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
x-coloquio-habermas-2014.pdf3,38 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons