Please use this identifier to cite or link to this item: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/1299
metadata.dc.type: Dissertação
Title: O feminismo e a disputa de narrativas na Eleição Presidencial de 2018: um estudo de caso de #Elenão como mobilização online das mulheres contra Bolsonaro
metadata.dc.creator: Terra, Camyla
metadata.dc.contributor.advisor1: Santini, Rose Marie
metadata.dc.contributor.referee1: Sousa, Paulo César Castro de
metadata.dc.contributor.referee2: Almeida, Alda
metadata.dc.contributor.referee3: Vaz, Paulo
metadata.dc.description.resumo: Os avanços tecnológicos nos últimos anos impactaram na comunicação e transformaram tanto a forma como nos relacionamos uns com os outros quanto a forma que nos relacionamos com questões comuns a sociedade em que vivemos. Este trabalho discute o impacto da mobilização online feminista #EleNão na esfera pública e sua relação com o resultado da Eleição Presidencial de 2018 no Brasil. A partir da perspectiva da disseminação da informação na rede social Twitter, esta pesquisa identificou (1) o volume da conversa gerada pela mobilização #EleNão e #EleSim no ambiente online; (2) os principais perfis e sua atuação na mobilização; (3) a relevância das pautas feministas nos conteúdos postados ao longo do movimento; e, por fim, investigou (4) a possível influencia dos movimentos #EleNão e #EleSim nas pesquisas de intenções de voto e no resultado do primeiro turno das eleições. Para discutir os dados, consideramos o contexto político e midiático das Eleições de 2018 no Brasil e as características do feminismo como campo de disputa politica inserido no fluxo de informação da sociedade em rede. A fim de compreender a realidade que o movimento feminista enfrentou nas Eleições de 2018 e os efeitos do fenômeno do #EleNão na tomada de decisão dos votos das mulheres, nos debruçamos sobre as origens da dominação estrutural, tanto do ponto de vista da construção social dos corpos quanto dos fundamentos do conservadorismo brasileiro e suas raízes profundas. A pesquisa traz à luz evidências do impacto da disputa da narrativa do feminismo presente no movimento #EleNão na definição dos votos das mulheres e, por consequência, do resultado final da Eleição Presidencial de 2018.
Abstract: Technological advances in the last years have impacted communication and transformed both the way we relate to each other and the way we relate to issues common to the society. This paper discusses the impact of feminist online mobilization #EleNão in the public sphere on the outcome of the 2018 Presidential Election in Brazil. From the perspective of information dissemination on the Twitter social network, this research identified (1) the volume of the conversation generated by the mobilization #EleNão and #EleSim in the online environment; (2) the main profiles and their role in mobilization; (3) the relevance of feminist agenda in the posts throughout the movement; and, finally, investigated (4) the possible influence of the #EleNão and #EleSim movement on voting intent polls and the results of the first round of elections. To discuss the data, we consider the political and media context of the 2018 elections in Brazil, and the characteristics of feminism as a field of political dispute inserted in the information flow of the network society era. In order to understand the reality that the feminist movement faced in the 2018 Elections and the effects of the #EleNão phenomenon in the decision-making of women's votes, we look at the origins of structural domination from the point of view of the social construction of bodies as well as the foundations of Brazilian conservadorism. The research shows evidences of the impact of the dispute of narratives in #EleNão movement on the definition of women's votes and, consequently, on the final outcome of the 2018 Presidential Election.
Keywords: Internet
Feminismo
Política
Eleições
Brasil
#ELENÃO
Ciência da Informação
Internet
Feminism
Politics
Elections
Brazil
Information Science
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - Universidade Federal do Rio de Janeiro
metadata.dc.publisher.initials: IBICT-UFRJ
metadata.dc.publisher.department: Escola de Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação - PPGCI IBICT-UFRJ
Citation: TERRA, Camyla. O feminismo e a disputa de narrativas na eleição presidencial de 2018: um estudo de caso de #Elenão como mobilização online das mulheres contra Bolsonaro. 2019. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro – Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, Rio de Janeiro, 2019.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/1299
Issue Date: 28-Nov-2019
Appears in Collections:Teses e Dissertações do PPGCI IBICT-UFRJ

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Camyla Terra Pinto Dissertacao 2019.pdf1,96 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright