Please use this identifier to cite or link to this item: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/1080
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Evolução do escopo temático da ciência aberta: um estudo exploratório
metadata.dc.creator: Ribeiro, Daniel Strauch
metadata.dc.contributor.advisor1: Albagli, Sarita
metadata.dc.contributor.referee1: Gouveia, Fabio Castro
metadata.dc.contributor.referee2: Appel, André Luiz
metadata.dc.description.resumo: Diante da complexidade conceitual da Ciência Aberta, a falta de um consenso sobre a definição da expressão “open science” agrava a disputa semântica da produção acadêmica. Esta pesquisa busca alcançar uma operacionalização teórica que caracterize a temática e a terminologia da Ciência Aberta na literatura formal, destacando as repercussões de algumas de suas vertentes em torno de seu campo semântico. Por meio de uma pesquisa exploratória, fez-se um constructo teórico associado a metodologias de estudos métricos com o objetivo de validar uma sistematização de Análise de Domínio que pudesse comprovar o Campo Científico da Ciência Aberta. Para isso, reuniu-se e confrontou-se os resultados encontrados em pesquisas pelo termo “open science” em três bases de dados: Web of Science, Scopus e DOAJ. Os resultados combinados dessa amostragem permitiram traçar recortes sobre o gênero do material documental coletado, além de especificidades sobre os principais locais de publicação, idiomas preferidos pelos autores, as associações entre os coautores com maior número de publicações, as palavras-chaves mais indexadas e as classificações de áreas de conhecimento que mais se destacaram. Essa análise também evidenciou a preponderância da Ciência da Informação para a Ciência Aberta, bem como para algumas de suas vertentes. O desenlace do trabalho visa apontar como a instrumentalização das bases de dados pode ser utilizada para pesquisar uma amostragem da produtividade científica, apontando a pormenorização temática e cronológica do conceito e da representação da expressão “open science” na literatura formal.
Abstract: In view of the conceptual complexity of Open Science, the lack of consensus to the definition of the term “open science” aggravates the semantic dispute of academic production. This research seeks to achieve a theoretical operationalization that characterizes an Open Science theme and terminology in the formal literature, highlighting the repercussions of some of its aspects around its semantic field. Through exploratory research, it created a theoretical concept associated with methods of metric studies in order to validate a systematization of Domain Analysis that could prove the Scientific Field of Open Science. For this, it gathers and confront the results found in research by the term “open science” in three databases: Web of Science, Scopus and DOAJ. The combined results of this sampling allow to trace clippings about the gender of document material collected, in addition to specificities about the main places of publication, preferred languages by the authors, the associations between the co-authors with the largest number of publications, most indexed keywords and the ranking of knowledge areas that most. This analysis also showed the preponderance of Information Science for Open Science, as well as for some of their thematic trends. The outcome of the work aims to point out how the instrumentalization of the databases can be used to research a sample of scientific productivity, pointing out the thematic and chronological details of the concept and representation of the expression “open science” in formal literature.
Keywords: Ciência da Informação
Ciência aberta
Análise de domínio
Campo científico
Organização do conhecimento
Open science
Information Science
Domain analysis
Scientific field
Knowledge organization
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia/Universidade Federal do Rio de Janeiro
metadata.dc.publisher.initials: IBICT/UFRJ
metadata.dc.publisher.department: ESCOLA DE COMUNICAÇÃO
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/1080
Issue Date: 29-Apr-2020
Appears in Collections:Teses e Dissertações do PPGCI IBICT-UFRJ

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_DANIEL_STRAUCH_RIBEIRO.pdf3 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.