Please use this identifier to cite or link to this item: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/1013
metadata.dc.type: Trabalho apresentado em evento
Title: A ACV e seus processos de comunicação e mediação da informação: panorama atual no setor empresarial brasileiro
metadata.dc.creator: Braga, Tiago Emmanuel Nunes
Ugaya, Cássia Marie Lie
Silva, Diogo A. Lopes
Rocha, Francisco Eliezer
Santos, Suelen
metadata.dc.description.resumo: A comunicação eficaz entre as partes interessadas é um dos pontos cruciais a serem desenvolvidos durante a realização de um estudo de Avaliação do Ciclo de Vida (ACV), conforme destaca a ISO 14040, norma que apresenta a temática. Essa demanda também é apontada por outros trabalhos na literatura, como, por exemplo, os Princípios de Shonan, que sintetizam a visão de diversos pesquisadores sobre a gestão da informação em estudos de ACV. As formas como essa comunicação acontece e os desafios a ela relacionados são temas de interesse ligados à área de Comunicação e Mediação da Informação (CMI). Assim, este trabalho visa compreender como ocorre o processo de comunicação nas empresas brasileiras que praticam ACV. Para alcançar seu objetivo, esta pesquisa apresenta quatro etapas: definição do grupo focal de análise, pesquisa bibliográfica sobre ACV e CMI, coleta de dados por meio de questionário aplicado junto aos representantes das empresas participantes da Rede Empresarial Brasileira de Avaliação do Ciclo de Vida (REBACV) e indicados pela Confederação Nacional das Indústrias (CNI) e análise dos resultados. O questionário foi elaborado durante o projeto “Diálogos Setoriais Brasil – União Europeia – Fase III”, coordenado pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict). Após a coleta de dados junto à REBACV, o processo de revisão bibliográfica culminou com a definição de quatro categorias em que a comunicação e mediação da informação relacionada à ACV devem ser tratadas: comunicação, redes de informação, qualidade dos dados e codificação. Com os resultados, foi possível constatar em quais categorias as empresas estudadas se mostraram mais alinhadas às diretrizes da ISO 14040 e dos princípios de Shonan, bem como quais foram as suas deficiências no processo comunicacional dos estudos de ACV realizados. Por fim, esse trabalho possibilitou obter um panorama geral de quais devem ser as ações a serem tomadas visando à melhoria da comunicação e mediação da informação em estudos de ACV desenvolvidos pelo setor empresarial no Brasil.
Abstract: (utilizando Google tradutor) Effective communication among stakeholders is one of the crucial points to be developed during the conduct of a Life Cycle Assessment (LCA) study, as highlighted by ISO 14040, the standard that presents the theme. This demand is also pointed out by other works in the literature, such as the Shonan Principles, which synthesize the view of several researchers on information management in stroke studies. The ways in which this communication happens and the challenges related to it are topics of interest related to the area of ​​Communication and Mediation of Information (WCC). Thus, this work aims to understand how the communication process occurs in Brazilian companies that practice LCA. In order to reach its objective, this research has four stages: definition of the focal group of analysis, bibliographic research on LCA and CMI, data collection through a questionnaire applied to the representatives of the companies participating in the Brazilian Business Network for Life Cycle Assessment REBACV) and nominated by the National Confederation of Industries (CNI) and analysis of results. The questionnaire was prepared during the project "Brazilian Dialogues - European Union - Phase III", coordinated by the Brazilian Institute of Information in Science and Technology (Ibict). After collecting data from the REBACV, the literature review process culminated in the definition of four categories in which communication and mediation of LCA-related information should be addressed: communication, information networks, data quality and coding. With the results, it was possible to verify in which categories the studied companies were more aligned to the guidelines of ISO 14040 and the principles of Shonan, as well as their deficiencies in the communicational process of the studies of LCA performed. Finally, this work provided an overview of what actions should be taken to improve communication and mediation of information in LCA studies developed by the business sector in Brazil.
Keywords: acv
comunicação
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
metadata.dc.publisher.initials: Embrapa
Citation: BRAGA, Tiago E N e colab. A ACV e seus processos de comunicação e mediação da informação: panorama atual no setor empresarial brasileiro. In: V CONGRESSO BRASILEIRO EM GESTÃO DO CICLO DE VIDA, Set 2016, Fortaleza. Anais... Fortaleza: Embrapa, Set 2016. p. 496–501.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/1013
Issue Date: Sep-2016
Appears in Collections:Trabalhos apresentados em Congresso no Brasil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo 2 completo_final.pdf8,92 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons