Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/459
Tipo: Apresentação
Título: Políticas públicas para museus no Brasil: do IPHAN ao IBRAM.
Autor(es): Silva, Carlos Henrique Gomes da
Pinheiro, Lena Vânia Ribeiro
Abstract: Pesquisa cujo objetivo foi investigar a existência de políticas públicas para museus no Brasil, no Estado Novo (1937-1945), quando foram criados importantes órgãos nacionais ligados à memória histórica e artística do Brasil, como o Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (SPHAN), hoje Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). A partir da análise da política cultural desse período são identificadas as ideias que a nortearam, como nacionalidade, identidade, patrimônio histórico e cultural, bem como os intelectuais, especialmente os modernistas, partícipes da construção das bases das políticas públicas de museus. Embora autoritário e ditatorial, o Estado Novo foi precursor de políticas públicas para cultura, inclusive museus, que seriam especificamente formuladas décadas depois, por meio da Política Nacional de Museus (2003), do Sistema Brasileiro de Museus, em 2004, do Estatuto dos Museus (2006) e do Instituto Brasileiro de Museus- IBRAM (2009)
Palavras-chave: Museus
Políticas Públicas para Museus
Estado Novo (1937-1945)
Instituição Brasileira de Cultura
IPHAN
IBRAM
Editor: ANCIB
Citação: Silva, Carlos Henrique Gomes da; Pinheiro, Lena Vania Ribeiro. Políticas públicas para museus no Brasil: do IPHAN ao IBRAM. In: ENANCIB, 14., Florianópolis, 2013. Anais... Florianópolis: ANCIB, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/459
Data do documento: 2013
Aparece nas coleções:Trabalhos apresentados em Congresso no Brasil

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Lena2.pdf317,2 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.