Please use this identifier to cite or link to this item: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/1302
metadata.dc.type: Tese
Title: Visualização por meio de mapas como recurso para a democratização dos dados e para a apropriação social da informação
metadata.dc.creator: Py, Hesley da Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Albagli, Sarita
metadata.dc.contributor.referee1: Gouveia, Fábio Castro
metadata.dc.contributor.referee2: Pimenta, Ricardo Medeiros
metadata.dc.contributor.referee3: Drucker, Débora Pignatari
metadata.dc.contributor.referee4: Fidalgo, Elaine Cristina Cardoso
metadata.dc.description.resumo: O objetivo deste trabalho é avaliar de que forma os conceitos de visualização por meio de mapas e da participação atuam como mecanismos para o favorecimento da democratização dos dados e da apropriação social da informação. O contexto é o de uma sociedade na qual a informação ocupa, cada vez mais, um espaço central e onde se multiplicam as plataformas para a disseminação dos dados segundo os princípios dos dados abertos. A motivação está relacionada ao fato de que, em uma realidade fragmentada por diferenças econômicas, sociais e culturais, a publicação dos dados nesse formato, por si só, não garante a sua utilização por toda a sociedade. Pelo contrário, na medida em que requer indivíduos com mais conhecimentos técnicos, o provimento somente do acesso aos dados abertos colabora para a manutenção e agravamento de um modelo no qual os que possuem mais recursos atuam em vantagem com relação aos que não possuem. É no sentido de garantir condições mais igualitárias para que os dados e informações, especialmente as adquiridas ou produzidas com recursos públicos, não se tornem mais um fator de exclusão ou distinção que se propõe a inserção nas plataformas públicas dos conceitos acima apresentados. A adequação dos conceitos foi avaliada a partir de uma revisão bibliográfica e de uma pesquisa semi-estruturada, com abordagem qualitativa, realizada com os gestores das principais plataformas interinstitucionais brasileiras que publicam dados em formatos abertos e de três infraestruturas institucionais. Os resultados da revisão bibliográfica apresentaram uma série de indícios das competências dos conceitos abordados para a democratização dos dados e para a apropriação da informação. Posteriormente, os resultados da pesquisa com os gestores validaram o que já havia sido identificado na revisão bibliográfica e acrescentaram novos elementos que permitem validar, parcialmente, as hipóteses propostas para o trabalho. Com relação às características da visualização, no que se refere à visualização dos dados por meio dos mapas, confirma-se a sua competência para favorecer a democratização dos dados e apropriação da informação na medida em que auxilia na identificação de características que não podem ser observadas pela leitura de uma tabela ou de um arquivo alfanumérico, aproxima o cidadão dos dados e elimina a necessidade de ferramentas complexas para sua utilização. A visualização da informação, por sua vez, se aplicada de forma unidirecional, sem a possibilidade de uma visão controversa, caracteriza-se como informação pronta, não colaborando para a democratização dos dados e nem para a apropriação social da informação. Contudo, caso seja possibilitada a participação de indivíduos com diferentes perfis e perspectivas, interagindo com a visualização da informação, as características de tal participação permitem confirmar a hipótese de que tal participação diminui as influências do autor da visualização inicial, apresenta novas perspectivas sobre a informação, suscita a controvérsia e favorece a apropriação social da informação.
Abstract: The goal of this work is to evaluate how the concepts of visualization through maps and participation act as mechanisms for favoring the democratization of data and the social appropriation of information. The context is a society in which information increasingly occupies a central space and where platforms for the dissemination of open data multiply. The motivation is related to the fact that, in a reality fragmented by economic, social and cultural differences, the publication of data in this format, by itself, does not guarantee its use throughout society. On the contrary, insofar as it requires individuals with more technical skills, the provision of access to open data only contributes to the maintenance and aggravation of a model in which those with more resources have an advantage over those who do not. For ensuring more egalitarian conditions so that data and information, especially those acquired or produced with public resources, do not become a factor of exclusion or distinction that this work proposes the insertion into public platforms of the concepts presented above. The adequacy of the concepts was evaluated based on a bibliographical review and semi-structured research, with a qualitative approach, from the managers' perception of the main Brazilian inter institutional platforms that publish data in open formats and of three institutional infrastructures. The results of the bibliographic review presented a series of indications of the competences of the concepts approached for the democratization of the data and for the appropriation of the information. Subsequently, the results of the research with the managers validated what had already been identified in the bibliographic review and added elements that allow, partially, validating the hypotheses proposed for the work. Specifically with respect to the characteristics of the data visualization through the maps, its competence in favor of the data democratization and social appropriation of information is confirmed. The visualization of the data in the maps helps to identify characteristics that can not be observed by reading a table or an alphanumeric file, brings the citizen closer to the data and eliminates the need for complex tools for its use. Regarding the visualization of the information, it is observed that if it is applied unidirectionally, without the possibility of a controversial view, it is characterized as ready information, not collaborating for the democratization of the data nor for the social appropriation of the information. However, if the participation of individuals with different profiles and perspectives is possible, interacting with the visualization of the information, the characteristics of such participation allow us to confirm the hypothesis that such participation diminishes the influences of the author of the initial visualization, presents new perspectives on information, raises the controversy and favors the social appropriation of information.
Keywords: Visualização de dados
Mapa
Visualização da informação
Participação
Democratização dos dados
Apropriação Social da Informação
Dados abertos
Ciência da Informação
Data visualization
Map
Information visualization
Participation
Data democratization
Social information appropriation
Open data
Information Science
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - Universidade Federal do Rio de Janeiro
metadata.dc.publisher.initials: IBICT-UFRJ
metadata.dc.publisher.department: Escola de Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação - PPGCI IBICT-UFRJ
Citation: PY, Hesley da S. Visualização por meio de mapas como recurso para a democratização dos dados e para a apropriação social da informação. Orientadora: Sarita Albagli. 2019. 155 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro – Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, Rio de Janeiro, 2019.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/1302
Issue Date: 5-Jul-2019
Appears in Collections:Teses e Dissertações do PPGCI IBICT-UFRJ

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Hesley da Silva Py Tese 2019.pdf3,68 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright