Please use this identifier to cite or link to this item: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/1301
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Hashtags como objetos de fronteira: uma análise da #MuseumWeek brasileira a partir da triangulação de dados
metadata.dc.creator: Silva, Tatiana Mendonça de Sousa e
metadata.dc.contributor.advisor1: Pimenta, Ricardo Medeiros
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Fornazin, Marcelo
metadata.dc.contributor.referee1: Saldanha, Gustavo Silva
metadata.dc.contributor.referee2: Rocha, Luisa Maria Gomes de Mattos
metadata.dc.description.resumo: A dissertação busca identificar instituições brasileiras e suas interações realizadas no contexto da duração do evento cultural digital da Museum Week de 2019. Do ponto de vista teórico, estabelecemos relações entre o conceito de objeto de fronteira e as hashtags. Para isso, introduzimos a folksonomia como um precursor da hashtag e levantamos o uso do conceito na Ciência da Informação. Posteriormente, evidenciamos as funções sociais do Museu e de que forma as Novas Tecnologias da Informação e Comunicação (NTICs) se colocam como ferramenta para atingir seus objetivos sociais. Levanta-se, então, iniciativas para o estreitamento da relação museu-público operacionalizadas através do uso de hashtags. Como uma pesquisa empírica quali-quantitativa, usa-se a triangulação de dados e de fontes. O campo é delimitado metodologicamente através da etnografia digital e a coleta automatizada de dados no Twitter tem sua análise influenciada pela Análise de Redes Sociais. A utilização de métodos digitais de pesquisa se manifesta através das ferramentas TweetScraper, Tableau Public e Cortext. A partir disso, apontamos e analisamos relações que emergiram durante o evento através do uso da hashtag #MuseumWeek, apresentando interações e outras hashtags utilizadas. Consequentemente, foi possível mapear os atores envolvidos na produção do conteúdo coletado, reconhecendo uma articulação da hashtag como um objeto de fronteira existente na intermediação de relações dentro do evento, ainda que algumas limitações técnicas tenham se apresentado no decorrer da pesquisa. De forma geral, a hashtag ocupa uma evidente função como ferramenta de agregação de tweets do evento, no entanto acaba apresentando diversos valores como uma forma forma de manifestação no campo sóciocultural, operacionalizando tanto temas dentro do evento, quanto conteúdos de promoção e divulgação de projetos e parcerias institucionais e corporativas.
Abstract: The dissertation aims to identify Brazilian institutions and their interactions throughout the digital cultural event Museum Week in 2019. From a theoretical point of view, relations between the concept of boundary object and hashtags are established. To this end, we introduce folksonomy as a predecessor of the hashtag and we review the use of the concept in Information Science. Afterwards, we highlight Museums’ social function and the forms in which the Information and Communications Technology (ICTs) are employed as a tool to achieve these intentions. Initiatives that work toward strengthening museum-public relationship through the use of hashtags are then summarized. As an empirical qualitative and quantitative research, it is developed through data and source triangulation. The field is methodologically limited through digital ethnography and the automated data collection from Twitter is analyzed with an influence from Social Network Analysis. The use of digital research methods manifests through tools such as TweetScraper, Tableau Public and Cortext. From this point on, we present and analyze the relationships that emerge during the event through the use of the #museumweek hashtag, presenting interactions and other hashtags employed by users. As a consequence, it was possible to map the actors involved in the production of content, recognizing an articulation of the hashtag as a boundary object, interconnecting relationships during the event, even though there may have been some technical limitations throughout the research. Overall, the hashtag clearly occupies a functional role as an aggregation tool for the content tweeted during the event, however it ends up presenting diversified values as a form of manifestation from the social and cultural aspect, working towards the operationalization of certain themes, as well as the promotion and advertising of institutional and corporative projects and partnerships.
Keywords: Ciência da Informação
Objetos de Fronteira
Hashtags
Museus
Triangulação de dados
Information Science
Boundary Objects
Museums
Data Triangulation
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - Universidade Federal do Rio de Janeiro
metadata.dc.publisher.initials: IBICT-UFRJ
metadata.dc.publisher.department: Escola de Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação - PPGCI IBICT-UFRJ
Citation: SILVA, Tatiana Mendonça de Sousa e. Hashtags como objetos de fronteira: uma análise da #MuseumWeek brasileira a partir da triangulação de dados. 2019. 140 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro – Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, Rio de Janeiro, 2019.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/1301
Issue Date: 7-Aug-2019
Appears in Collections:Teses e Dissertações do PPGCI IBICT-UFRJ

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tatiana Mendonca de Sousa e Silva Dissertacao 2019.pdf2,54 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright