Please use this identifier to cite or link to this item: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/1036
metadata.dc.type: Tese
Title: Navegando com a comunicação comunitária em uma maré de microrrevoluções
metadata.dc.creator: Silva, Rociclei da
metadata.dc.contributor.advisor1: Cocco, Giuseppe Mario
metadata.dc.contributor.referee1: Albagli, Sarita
metadata.dc.contributor.referee2: Bezerra, Arthur Coelho
metadata.dc.contributor.referee3: Mendes, Alexandre Fabiano
metadata.dc.contributor.referee4: Corsini, Leonora Figueiredo
metadata.dc.description.resumo: A presente pesquisa teve como objetivo principal investigar a comunicação comunitária desenvolvida no conjunto de favelas da Maré como articuladora/mobilizadora de dinâmicas informacionais em favor da democratização da informação, da construção da cidadania e emancipação de quem a pratica e daqueles que a ela tem acesso. Neste contexto a pesquisa questionou quais as estratégias e práticas informacionais e linguísticas desse tipo de comunicação para, atrair mobilizar e conscientizar os moradores? O que diferencia a informação produzida pela comunicação comunitária da informação produzida pelos grandes meios de comunicação e sua potência de transformação dos moradores e do território? Investigou também se a comunicação comunitária promove a mutação da subjetividade dos moradores da Maré e para isso nos inspiramos nas reflexões pioneiras de Félix Guattari sobre produção de subjetividade e micropolítica. Tratamos as práticas da comunicação comunitária como resistências moleculares produtoras de microrrevoluções que criam mutações na subjetividade consciente e inconsciente dos indivíduos e dos grupos sociais e que deságuam em processos libertadores. Os resultados da pesquisa apontaram que a informação e o conhecimento proporcionados pela comunicação comunitária conduzem os moradores a questionarem o mundo em que estão inseridos e a pensar e refletir a necessidade de mudanças. A pesquisa detectou também que a atuação na comunicação comunitária é uma abertura para novas percepções, novos significado e valores. Mudar a percepção sobre a favela, mudar relação com o território e com o outro, pensar e agir coletivamente, denunciar, mas também apresentar soluções, sensibilizar e mobilizar os moradores são apenas parte de uma grande transformação pela qual passa os comunicadores.
Abstract: The main objective of this research was to investigate the community communication developed in the set of favelas of Maré as an articulator / mobilizer of informational dynamics in favor of the democratization of information, the construction of citizenship and the emancipation of those who practice it and those who have access to it. In this sense, the research questioned the informational and linguistic strategies and practices of this type of communication to attract mobilize and raise awareness among the residents? What differentiates the information produced by the community communication from the information produced by the mass media and its power of transformation of the inhabitants and the territory? He also investigated whether community communication promotes a change in the subjectivity of Maré residents and for this we draw inspiration from Félix Guattari's pioneering reflections on the production of subjectivity and micropolitics. We treat community communication practices as molecular resistors that produce micro-revolutions that create mutations in the conscious and unconscious subjectivity of individuals and social groups and that break into liberating processes. The research results pointed out that the information and knowledge provided by community communication leads residents to question the world they are in and to think and reflect the need for change. The research also detected that the performance in community communication is an opening for new perceptions, new meaning and values. Changing the perception of the favela, changing the relationship with the territory and the other, thinking and acting collectively, denouncing, but also presenting solutions, sensitizing and mobilizing the residents are only part of a great transformation that communicators are going through.
Keywords: Ciência da informação
Comunicação Comunitária
Micropolítica
Revolução Molecular
Pós- Mídia
Subjetividade
Information Science
Community Communication
Micropolitics
Molecular Revolution
Post-Media
Subjectivity
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia/Universidade Federal do Rio de Janeiro
metadata.dc.publisher.initials: IBICT/UFRJ
metadata.dc.publisher.department: Escola de Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/1036
Issue Date: 22-Sep-2016
Appears in Collections:Teses e Dissertações do PPGCI IBICT-UFRJ

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE ROCICLEI DA SILVA - Versão Final UFRJ.pdf1,36 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons