Please use this identifier to cite or link to this item: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/1024
metadata.dc.type: Tese
Title: Dimensões tecnopolíticas e econômicas da comunicação científica em transformação
metadata.dc.creator: Appel, André Luiz
metadata.dc.contributor.advisor1: Albagli, Sarita
metadata.dc.contributor.referee1: Pinheiro, Lena Vania Ribeiro
metadata.dc.contributor.referee2: Gouveia, Fabio Castro
metadata.dc.contributor.referee3: Weitzel, Simone da Rocha
metadata.dc.contributor.referee4: Oliveira, Thaiane Moreira de
metadata.dc.description.resumo: Episódios sucessivos de crise, de experimentações e de propostas de revisões de valores e práticas nos processos de produção, circulação e uso de informação científica têm representado desafios às estruturas e modelos tradicionais e hegemônicos da comunicação científica, com destaque aos incentivos em favor de transformações no processo de publicação de periódicos científicos. Paralelamente, manifestam-se esforços de reconfiguração e de contrarreação por parte de agentes econômicos hegemônicos, e de desenvolvimento de novos modelos de negócio de publicação científica, com fins de preservação do protagonismo desses agentes. Frente a essa problemática, objetivamos, com esta pesquisa, investigar os processos de reação, reconfiguração e contrarreação no cenário da comunicação científica em transformação, atentando para os aspectos tecnopolíticos e econômicos emergentes desses processos. Para tanto, pautamo-nos em análises qualitativas e quantitativas, de documentos relacionados a iniciativas demonstrativas de mudanças na comunicação científica — seja na forma de periódicos, plataformas, preprints, entre outras —, assim como em análise de conjuntos de dados disponíveis sobre publicações em acesso aberto. Conduzimos também abordagem qualitativa, baseada em entrevistas individuais, para que se pudesse captar um espectro variado de manifestações por parte dos especialistas e advocates. Como elemento de suporte às análises, partimos de um marco teórico sobre processos de desenvolvimento, crise e movimentos de reação no cenário de produção, circulação e acesso de publicações e informações científicas, considerando os contextos históricos e as condições socioeconômicas de ocorrência desses processos. Como resultados e considerações gerais desta pesquisa, relatamos a manifestação de novos dilemas político-econômicos decorrentes de movimentos de reação e reconfiguração no cenário da comunicação científica. Como um desses dilemas, situa-se o desenvolvimento de modelos de negócio de publicação do acesso aberto orientados e conduzidos em função do protagonismo de editoras comerciais. Destacamos também que as editoras, e respectivos grupos e conglomerados das quais fazem parte, têm atuado num movimento de contrarreação às propostas de transformação no cenário da comunicação científica, principalmente pela adoção de estratégias de negócio de integração vertical de plataformas e infraestruturas de pesquisa, com fins de manutenção do seu protagonismo nesse cenário. Como consequência dessas estratégias, temos a conformação de processos de captura massiva de dados e informações que circulam nas plataformas integradas, incorrendo em alienação de trabalho gratuito de cientistas e demais usuários das plataformas, em potencial manifestação de processos de vigilância e ameaças à privacidade, além de potencial ‘algoritmização’ de processos de tomada de decisão em pesquisa. O acesso aberto e a ciência aberta demonstram potencial de renovação nos processos de produção e publicação de resultados de pesquisa, com ampliação da participação e do acesso. Por outro lado, a manutenção do vínculo desses processos a sistemas de validação e certificação ainda fortemente orientados a partir de informações e subsídios sob o domínio e controle de editoras comerciais e organizações com fins lucrativos, levantam questões sobre a potencial manifestação de conflitos de interesse quando da condução desses processos.
Abstract: Successive episodes of crisis, experimentation, and proposals for revisions of values and practices in the processes of production, circulation and consumption of scientific information have presented challenges to the traditional or hegemonic structures and models of scholarly communication, with emphasis on the incentives for reconfiguration scientific journals. At the same time, reconfigurations and counteracting efforts are being made by the hegemonic agents in favor of the status quo and towards the appropriation and development of new business models for scholarly publication, towards the preservation of the protagonism of these agents. Given this scenario, we aim, with this research, to investigate the processes of reaction, reconfiguration and counterreaction in the scenario of the scholarly communication in transformation, addressing the emerging technological and political dimensions of these processes. In order to do so, we focused on qualitative and quantitative analyzes of documents related to demonstrative scholarly communication initiatives — whether in the form of journals, platforms, preprints, among others — as well as analyzing data sets available on open access publications. We also conducted a qualitative approach, based on individual interviews, so that a wide spectrum of manifestations could be captured by experts and advocates. To support the analysis, we used the theoretical framework on the development, crisis and reaction movements in the scenario of production, circulation and access of/to scholarly publications and information, considering their historical contexts and the socioeconomic conditions throughout the manifestation of these processes. As main results and considerations of this research, we have reported the manifestation of new political-economic dilemmas arising from the reaction and reconfiguration movements in the scenario of scholarly communication, such as the development of open access publishing business models oriented or driven by the main commercial publishers. We also emphasized that the publishers, and their respective groups or conglomerates, have acted in a counter-reaction to the proposals of transformations in scholarly communication, mainly by business strategies focused on the vertical integration of platforms and research infrastructures, with the purpose of maintaining its protagonism. As a consequence of these strategies, we see the conformation of processes of massive capture of data and information that circulate in the integrated platforms, incurring the alienation of free work of scientists and other users of these platforms, in potential manifestation of surveillance processes and threats to privacy, besides of the potential 'algorithmizing' effect towards decision-making processes in research. Open access and open science have demonstrated potential for renewing the production and publication of research results, with consequent increments on participation and access. On the other hand, the continues and strong relationship of these processes to the systems of validation and credit, still heavily oriented to information and subsidies provided and controlled by commercial publishers and for-profit organizations, raise questions about the potential manifestation of conflicts of interest when of these processes.
Keywords: Ciência da informação
Comunicação científica
Publicações científicas
Acesso aberto
Ciência aberta
Aspectos tecnopolíticos e econômicos
Scholarly communication
Scholarly publications
Open access
Open Science
Technopolitical and economic dimensions
Information Science
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia/Universidade Federal do Rio de Janeiro
metadata.dc.publisher.initials: IBICT/UFRJ
metadata.dc.publisher.department: Escola de Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/1024
Issue Date: 4-Apr-2019
Appears in Collections:Teses e Dissertações do PPGCI IBICT-UFRJ

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Pesquisa_Tese_AndreAppel_20190706.pdf3,5 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons