Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/706
Tipo: Dissertação
Título: Competência em informação baseada em inteligência
Título(s) alternativo(s): Intelligence-based information literacy
Autor(es): Amorim, Iara Rodrigues de
Primeiro orientador: Biochini, Jorge Calmon de Almeida
Membro da banca: Souza, Rosali Fernandez de
Membro da banca: Dudziak, Elisabeth Adriana
Resumo: O presente estudo objetivou correlacionar competências intelectuais que compõem as Inteligências Múltiplas com competências informacionais do modelo de Competência em Informação, no uso da Biblioteca Virtual em Saúde de Doenças Infecciosas e Parasitárias (BVS DIP) por usuários leigos, entendidos nesta pesquisa como usuários/aprendizes. O estudo seguiu um delineamento descritivo e qualitativo utilizando-se como métodos de coleta de dados a Revisão Sistemática da Literatura, a técnica introspectiva do Pensar Alto (Thinking aloud) na modalidade Protocolo Verbal Individual e a Entrevista Semiestruturada. Foram identificadas cento e noventa e cinco características, habilidades e/ou competências essenciais específicas das oito Inteligências Múltiplas e estabelecidas as potenciais correlações com o modelo de Competência em Informação, assim como se evidenciaram as lacunas existentes entre ambas as competências. Pôde-se inferir que a correlação observada entre as competências e/ou habilidades cognitivas que compõem e caracterizam as Inteligências Múltiplas e a Competência em Informação é evidente, de maneira geral, em verbos de ação, os quais caracterizam também o conceito nuclear de cada inteligência ou competência. Assim, pode-se dizer que estes verbos de ação são igualmente importantes para direcionar os processos e conteúdos dos programas de capacitação informacional de usuários/aprendizes, proporcionando o estímulo para ambas as competências intelectuais e informacionais e contribuindo potencialmente para o aprendizado ao longo da vida. Com isso, algumas das aplicações existentes em literatura ou já executadas na prática foram evidenciadas, bem como se apontaram novas sugestões de ações que podem ser implementadas por profissionais da informação, qualquer que seja seu ambiente de atuação, sendo esta uma das contribuições deste estudo, com especial ênfase no aprimoramento dos programas de capacitação informacional de usuários/aprendizes dentro ou fora do âmbito escolar ou acadêmico. Como resultados obtidos da Revisão Sistemática da Literatura, foram analisadas trinta e nove publicações, sendo considerados sete artigos pertinentes, com especial destaque às pesquisas empíricas relatadas nestes artigos. E, como resultados obtidos da aplicação do Protocolo Verbal Individual e da entrevista semiestruturada, obteve-se a caracterização dos usuários/aprendizes participantes da pesquisa empírica, a identificação das manifestações das Inteligências Múltiplas dos usuários/aprendizes na interatividade com a BVS DIP e a análise das percepções e competências requeridas por estes usuários no uso desta fonte de informação. Pode-se evidenciar a relevância da Competência em Informação e da Inteligência para a Saúde, uma vez que contribuiriam à promoção e à alfabetização em saúde, bem como a qualidade de vida. Igualmente, pode-se concluir que o estímulo às inteligências favorece o desenvolvimento da Competência em Informação, bem como o estímulo à Competência em Informação favorece o desenvolvimento das Inteligências Múltiplas, evidenciando, mais uma vez, a relação de reciprocidade entre ambas as competências e habilidades cognitivas e informacionais
Abstract: This study aimed to correlate intellectual skills that compose the Multiple Intelligences Theory with Information Literacy model s informational competencies, using the Virtual Health Library of Infectious and Parasitic Diseases (VHL DIP) by lay users, defined in this study as users/learners. The study followed a descriptive-qualitative approach using the Systematic Review of the Literature as a data collection method, introspective technique based on "Thinking Aloud" on Single Verbal Protocol mode and also a semi-structured interview. We identified one hundred ninety-five characteristics, skills and/or specific core competencies of the eight Multiple Intelligences established and potential correlations with the Information Literacy model, as evidenced by the gaps between both competencies. It might be inferred that the noticed correlation between skills and/or cognitive skills that set and characterize the Multiple Intelligences and Information Literacy is evident, in general on action verbs, which also characterize the core concept of each intelligence or competence. Thus, it may be argued that these action verbs are equally important to define processes and contents of information training programs for users/learners, leading to both skills intellectual and informational and potentially contributing to learning along the whole life. Some applications already existing in literature or implemented in practice were found, as well as new action suggestions were pointed out to be implemented by information professionals, whatever their professional environment, which is one of the contributions of this study, with special emphasis on the improvement of information training programs for users/learners within or outside the school or academic sphere. As results of the Systematic Review of the Literature, there were been analyzed thirty-nine publications, seven articles being considered relevant, emphasising on empirical research reported in them. And, as results of application of the Verbal Individual and semi-structured interview, it was obtained the characterization of the users/learners who participating in the empirical research, the identification of the manifestations of Multiple Intelligences of users/learners in interaction with VHL DIP and the analysis of perceptions and competencies required by these users when they were using this source of information. It can be highlighted the relevance of Information Literacy and Intelligence for Health, since they can contribute to health promotion, to health literacy and life quality. Likewise, it can be concluded that the stimulus to the development of intelligence lead to Information Literacy development, as the same way as the encouragement of Information Literacy contribute to the development of Multiple Intelligences, which again shows the reciprocal relationship between both competencies and skills cognitive and informational
Palavras-chave: Information literacy
Intelligence
Multiple intelligences theory
Virtual Library on Health
Health promotion
Health literacy
Competência em informação
Inteligência
Teoria das inteligências múltiplas
Biblioteca Virtual em Saúde
Promoção da saúde
Alfabetização em saúde
Letramento informacional
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro / Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia
Sigla da instituição: UFRJ/ECO - IBICT
Departamento: Ciência da Informação
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação
Citação: AMORIM, Iara Rodrigues de. Intelligence-based information literacy. 2013. 145 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro / Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, Rio de Janeiro, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/706
Data do documento: 11-Mar-2013
Aparece nas coleções:Teses e Dissertações do PPGCI IBICT-UFRJ

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
iara rodrigues de amorim mestrado 2013.pdf900,71 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.