Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/114
Tipo: Artigo
Título: Caracterização de uma comunidade científica através da literatura publicada: um estudo de caso
Título(s) alternativo(s): Characterization of a scientific community through the published literature: case study
Autor(es): Ferreira, Délia Valério
Souza, Rosali Fernandez de
Abstract: É enfatizada a importancia de estudos condizentes com o conhecimento sobre o desenvolvimento da comunidade científica como um elemento de decisão para planejamento nacional nas áreas de ciência e tecnologia, em particular para os países do terceiro mundo. Um estudo de caso enfoca o grupo de física do estado sólido da UFRGS, analisando-o no período 1960-1980, fundamentalmente a partir da produção científica publicada. A comunidade estudada é caracterizada através de análise de recursos humanos envolvidos no processo, da literatura produzida, das linhas de pesquisa desenvolvidas e das revistas científicas em que publicam. Os resultados obtidos são examinados frente aos fatores determinantes do desenvolvimento observado. São também discutidas as dificuldades encontradas, consequentes da falta de documentação apropriada (uma constante nos países em desenvolvimento) e apontadas possibilidades e necessidades de estudos mais aprofundados, levando ao conhecimento da própria sociologia do desenvolvimento da comunidade estudada.
Palavras-chave: Comunidade científica
Literatura
Recursos humanos
Publicação científica
Editor: ABDF
Citação: Revista de Biblioteconomia de Brasília, v.10, n.2, jul./dez.,1982. p. 43-64.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/123456789/114
Data do documento: 1982
Aparece nas coleções:Artigos em Revistas publicadas no Brasil

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
RosaliRBB1982.pdf851,61 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.