Please use this identifier to cite or link to this item: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/936
metadata.dc.type: Tese
Title: Da produção do conhecimento científico à transferência de informações: análise da circulação de saberes no âmbito de duas redes de pesquisa agropecuária
metadata.dc.creator: Telles, Milena Ambrosio
metadata.dc.contributor.advisor1: Pinheiro, Lena Vânia Ribeiro
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Paiva, Denise Werneck de
metadata.dc.contributor.referee1: Álvares, Lillian Maria
metadata.dc.contributor.referee2: Albagli, Sarita
metadata.dc.contributor.referee3: Olinto, Gilda
metadata.dc.contributor.referee4: Oliveira, Leandro Henrique Mendonça de
metadata.dc.description.resumo: Analisou-se a circulação de saberes no âmbito de duas redes de pesquisa agropecuária – a rede Pecus, coordenada pela Embrapa Pecuária Sudeste, no Brasil e a rede Animal Change, coordenada pelo Inra, na França – desde a produção do conhecimento científico até a transferência de informações. Com a hipótese de que a análise de práticas e objetos no âmbito das redes de pesquisa durante a produção do conhecimento científico, no processo de divulgação das informações e dos resultados produzidos pelas redes, permite descrever como estas materializam a circulação de saberes, alcançaram-se os sete objetivos específicos, entre eles o de analisar o processo de produção do conhecimento técnico-científico sob a perspectiva do pesquisador e o de identificar e analisar os resultados oficiais entregues pelas redes de pesquisa às instituições coordenadoras, além de mapear os websites das redes para a visualização dos resultados tornados públicos por meio da internet. Para tanto, foram utilizados três procedimentos metodológicos: entrevistas semiestruturadas, análise quantitativa dos resultados oficiais das redes de pesquisa e mapeamento dos websites das duas redes. Foram entrevistados seis pesquisadores-chave das redes estudadas, no Brasil e na França, no intuito de se obter dados para a análise de três aspectos: a prática científica, a circulação de saberes no interior das redes de pesquisa e a circulação de saberes dessas redes para outros ambientes. No aprofundamento teórico mobilizado para a interpretação dos dados, adotaram-se os conceitos de campo e capital científico de Pierre Bourdieu, o conceito de trivialité, de Yves Jeanneret, bem como as teorias sobre redes sociais. Os resultados alcançados mostraram que, muitas vezes, apesar de os discursos ocorrerem em sua dimensão linguística, as práticas e objetos analisados revelam entraves ao processo de produção-divulgação do conhecimento técnico-científico, tais como: i) a sobrecarga causada pela burocracia institucional; a insatisfação manifestada pelos pesquisadores relativa à necessidade de desempenhar funções de gestão administrativa – o que diminui o tempo para a pesquisa; ii) os conflitos inerentes ao campo científico, como a concorrência entre pares; iii) a contradição entre disponibilidade e uso real das TICs na comunicação entre pares. Além disso, foram identificadas características próprias da análise de redes sociais, como as relações de empatia e confiança para a formação natural de redes de pesquisa e a valorização do contato pessoal na colaboração científica. Os resultados quantitativos das redes demonstraram que a rede Pecus produziu mais artigos científicos e treinamentos internos, seguidos de resultados relativos à imagem corporativa e treinamentos de multiplicadores e a Animal Change apresentou em primeiro lugar resultados relacionados a atividades de disseminação, seguidos de artigos científicos. O mapeamento dos websites das redes mostrou que, no caso da Animal Change, a arquitetura de informação não facilita a recuperação da informação, embora a maioria dos resultados declarados pela rede no relatório final estejam disponíveis na internet. No caso da rede Pecus, evidenciou-se que o website foi pouco utilizado. As considerações finais mostram que a análise realizada demonstrou a hipótese levantada, descrevem os limites e dificuldades encontrados durante a pesquisa e levantam temas para estudos futuros.
Abstract: The circulation of knowledge within two agricultural and livestock research networks (the Pecus network, coordinated by Embrapa Pecuária Sudeste, in Brazil, and the Animal Change network, coordinated by INRA, in France), from production of scientific knowledge to transfer of information, was analyzed. It was hypothesized that analysis on practices and aims within research networks during scientific knowledge production, and on the information dissemination process and results produced, would make it possible to describe how these enable circulation of knowledge. Seven specific objectives were attained, including analysis on the process of producing scientific-technical knowledge from the researcher’s perspective and identification of and analysis on the official results forwarded via the research networks to the coordinating institutions, with mapping of the network websites to view the results that are made public through the internet. For this, three methodological procedures were used: semi-structured interviews, quantitative analysis on the official results in the research networks and mapping of the websites of the two networks. Seven key researchers in these state networks in Brazil and France were interviewed with the aim of obtaining data for analysis on three aspects: scientific practice, circulation of knowledge within the research networks and circulation of knowledge from these networks to other environments. To attain greater depth of analysis in interpreting the data, Pierre Bourdieu’s concepts within this field and his scientific capital, Yves Jeanneret’s concept of triviality and theories on social networks were used. The results achieved showed that although discourse took place within its linguistic dimension, the practices and aims analyzed often revealed obstacles to the process of producing and disseminating technical and scientific knowledge, such as: i) overload caused by institutional bureaucracy, with dissatisfaction expressed by researchers regarding the need to perform administrative and managerial functions, which diminished the time available for research; ii) conflicts inherent to the field of science, such as competition between peers; and iii) the contradiction between the availability and real use of TICs in communications between peers. Furthermore, characteristics inherent to analysis on social networks were identified, such as relationships of empathy and trust for natural formation of research networks and the placed on personal contact within scientific collaboration. The quantitative results from the networks demonstrated that the Pecus network produced more scientific articles and internal training, followed results relating to corporate image and training of multipliers, while Animal Change was ahead in its results relating to dissemination activities, followed by scientific articles. Mapping of the network websites showed that, in the case of Animal Change, the information architecture did not facilitate information retrieval, although most of the results declared by the network in the final report were available on the internet. In the case of the Pecus network, it was seen that the website was little used. Lastly, the analysis performed showed that the hypothesis that had been put forward described the limits and difficulties encountered in conducting research and raised topics for future studies.
Keywords: Circulação de saberes
Fluxos de informação
Prática científica
Instituições de pesquisa
Transmissão da informação
Comunicação científica
Circulation of knowledge
Information flow
Scientific practice
Research institutions
Information transmission
Scientific communication
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia/Universidade Federal do Rio de Janeiro
metadata.dc.publisher.initials: IBICT/UFRJ
metadata.dc.publisher.department: Escola de Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/936
Issue Date: 25-Aug-2016
Appears in Collections:Teses e Dissertações do PPGCI IBICT-UFRJ

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE_Milena_Telles_Final_ago_16_2.pdf4,88 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons