Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/804
Tipo: Tese
Título: Informação e genética humana: o sequenciamento de uma cultura científica
Autor(es): Carvalho, Lidiane dos Santos
Primeiro orientador: Marteleto, Regina Maria
Membro da banca: González de Gómez, Maria Nélida
Membro da banca: Leta, Jacqueline
Membro da banca: Macedo, Andréa Mara
Membro da banca: Varanda, Marta Pedro
Membro da banca: Saldanha, Gustavo Silva
Resumo: Esta tese fornece uma compreensão da estrutura do campo científico da genética humana, pelo estudo das dinâmicas de compartilhamento de informação científica entre pesquisadores brasileiros. O objetivo geral é investigar a cultura da produção de conhecimento em genética humana com foco nas dinâmicas de comunicação e compartilhamento da informação. Parte do entendimento de que o Capital Social dos pesquisadores no campo científico da Genética Humana mobiliza recursos econômicos políticos e sociais construindo comunidades discursivas em domínios do conhecimento pela natureza dos elos entre os atores e das informações que compartilham entre si. O quadro teórico apoia-se no conceito de Campo Científico, de Pierre Bourdieu e de Domínios de Conhecimento de Birger Hjørland. O corpus empírico investiga a rede de pesquisa mobilizada pelo médico e geneticista brasileiro, Professor Dr. Sérgio Danilo Junho Pena no período compreendido entre 1973-2013/1. A rede é composta por 184 colaboradores que colaboraram entre si em publicações em coautorias. Como procedimento sistemático de investigação emprega a abordagem da Triangulação de Métodos. Para o estudo da morfologia estrutural do campo emprega a Metodologia aplicada de Análise de Redes Sociais (ARS) egocêntricas. Conclui que a produção de conhecimento em genética humana mobiliza recursos culturais, sociais, políticos e econômicos. Os pesquisadores, neste campo compartilham informações entre si, em torno de objetos de pesquisa manifestados na forma de projetos genoma. A formação do capital social envolve o engajamento político do cientista, a participação na indústria e na universidade, como meio para mobilizar recursos necessários à formação de redes de pesquisa em genética humana.
Abstract: This thesis provides an understanding of the structure of the scientific field of research in human genetics, through the study of the dynamics of scientific information shared among Brazilian researchers. The overall objective is to investigate the culture of knowledge production in research of human genetics with a focus on the dynamics of communication and information sharing. It points out that the understanding of the Social Capital of researchers in the scientific field of Human Genetics mobilizes political and social economic resources building discourse communities in areas of knowledge by the nature of the links between the actors and the information they share with each other. The theoretical framework is based on the Pierre Bourdieu's concept of Scientific Field, and Birger Hjørland's Knowledge of Domain. The empirical corpus investigates the search network mobilized by the Brazilian physician and geneticist, Professor Dr. Sérgio Danilo Junho Pena, in the period between 1973-2013/1. The network consists on 184 employees who collaborated on publications in co-authorship. A systematic investigation procedure employs the approach of triangulation methods. To study the structural morphology of the field. It is used the methodology applied for egocentric Social Network Analysis (SNA). It concludes that the production of knowledge in human genetics mobilizes cultural, social, political and economical resources. Researchers in this field share information among themselves around research objects manifested in the form of genome projects. The formation of social capital involves scientists political engagement, participation in industry and university, as a way to mobilize resources to build research networks in human genetics.
Palavras-chave: Sociologia da Ciência, Comunicação Científica; Genética Humana; Análise de Redes Sociais (ARS); Ciência da Informação.
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro / Insitituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia
Sigla da instituição: UFRJ/ECO - IBICT
Departamento: Ciência da Informação
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/804
Data do documento: 24-Mar-2014
Aparece nas coleções:Teses e Dissertações do PPGCI IBICT-UFRJ

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.