Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/40
Tipo: Trabalho apresentado em evento
Título: Fluxo da informação entre colecionadores, escribas e cientistas árabes na pré-institucionalização da ciência, séculos IV ao XV
Autor(es): Gauz, Valéria
Pinheiro, Lena Vânia Ribeiro
Abstract: Estudo do papel dos colecionadores, escribas e cientistas árabes no registro e transmissão da informação científica e cultural, entre os séculos IV e XV. As suas principais atividades e realizações são citadas, como as traduções de textos gregos para o árabe, criação de mesquitas como instituições do saber e a construção de ciência. Os argumentos de pesquisadores da chamada história colonial das ciências levam à conclusão de uma significativa contribuição da cultura islâmica para as Ciências na era moderna, onde também estariam as suas raizes - e não apenas no ocidente. Isso, graças a um fluxo de informação e de documentos que permitiu a circulação e a transferência de conhecimento nesse tempo. Essas discussões mais recentes inserem novos conhecimentos nas ciências, na comunicação científica e na história da própria Ciência da Informação, particularmente quanto aos documentos e o fluxo da informação no seu movimento do Oriente para o Ocidente.
Palavras-chave: História
Informação científica e tecnológica
História da ciência
Coleções especiais
Ciência medieval
Colecionadores
Idade média
Árabes
Editor: Ibict : UFRJ
Citação: In: Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 11.: 2010, Rio de Janeiro. Anais do XI ENANCIB. Rio de Janeiro : Ibict, UFRJ, 2010. 19 p.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/123456789/40
Data do documento: 2010
Aparece nas coleções:Trabalhos apresentados em Congresso no Brasil

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LenaEnancibGaus.PDF177,53 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.