Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/335
Tipo: Artigo
Título: Organização do Conhecimento: teorias semânticas como base para estudo e representação de conceitos
Título(s) alternativo(s): Organización del conocimiento: teorías semánticas como base para estudios y representación de conceptos /
Knowledge organization: semantic theories as a base for concept study and representation
Autor(es): Café, Ligia
Basílio, Marisa Brascher
Abstract: Considera que a organização do conhecimento envolve a análise semântica e que a Ciência da Informação necessita de referencial teórico para os estudos que visam à representação conceitual de domínios do conhecimento. Apresenta alternativas teórico-metodológicas oriundas da Linguística e que partem de uma base semântica do estudo da língua: Teoria da Valência, Gramática de Casos, Gráficos Conceituais e a Teoria da Gramática Funcional. Prioriza as propostas teórico-metodológicas que tenham como princípio de interpretação a problemática semântica e que oferecem um caminho para pensar e refletir questões relacionadas aos diferentes aspectos semânticos no campo da Organização do Conhecimento.
[en] This paper takes into consideration that knowledge organization involves semantic analysis and that Information Science needs a theoretical reference for studies that focus on the conceptual representation of knowledge domains. It presents methodological-theoretical alternatives rooted in Linguistics and that are based semantically on language studies: Valence Theory, Case Grammar, Conceptual Graphs and the Functional Grammar Theory. It prioritizes methodological-theoretical proposals based on the principle of interpretation of semantic problems that offer a way to consider and reflect on issues related to the different semantic aspects in the field of Knowledge Organization.
[sp] En este trabajo se considera que la organización del conocimiento involucra el análisis semántico y que las Ciencias de la Información necesitan de un marco de referencia teórico para los estudios que tienen por reto la representación conceptual de campos de conocimiento. Además, presenta alternativas teórico-metodológicas oriundas de la Lingüística y que parten de una base semántica del estudio de la lengua: Teoría de la Valencia, Gramática de Casos, Gráficos Conceptuales y Teoría de la Gramática Funcional. Prioriza las propuestas teórico-metodológicas que tengan como principio de interpretación los problemas semánticos y que ofrecen un camino para pensar y reflexionar sobre cuestiones relacionadas a los diferentes aspectos semánticos en el campo de la Organización del Conocimiento.
Palavras-chave: Organização do conhecimento
Teoria semântica
Análise conceitual
Editor: UEL
Citação: Informação & Informação, v.16, n.2, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/123456789/335
Data do documento: 2011
Aparece nas coleções:Artigos em Revistas publicadas no Brasil

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
BrasherII2011.pdf333,89 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.